BLOG

O que são os tipos sanguíneos?

19 de Novembro de 2018

Qual o seu tipo sanguíneo? Pode parecer uma pergunta boba, mas ela pode salvar a sua vida em situações inusitadas. Entenda o que os tipos sanguíneos tem a ver com o nosso sistema imunológico e detone no assunto!

Você deve saber que diferentes pessoas podem ter tipos de sangue diferente. Os conhecidos grupos sanguíneos A, B, AB e O positivo ou negativo são aqueles que mais conhecemos, porque são os mais importantes, mas existem outros 31 sistemas de classificação para a identificação do tipo sanguíneo. Alguns exemplos são os sistema MN, Kell e Lewis, entre outros.

Todos eles têm em comum a forma de se identificar. Trata-se do mecanismo antígeno e anticorpo presente em nosso sistema imunológico para reconhecer as células que são próprias do organismo.

Este mecanismo funciona como uma forma de comunicação entre as células, em que os anticorpos conferem a todo momento se não existe um invasor. Caso encontre algo diferente, acontece uma reação alérgica, no caso do sangue, uma aglutinação em que as hemácias ficam todas unidas pelas proteínas que funcionam como anticorpo.

Ao contrário do que nos faz pensar, a determinação das doações e recebimentos de transfusões de sangue são dependentes dos anticorpos e não dos tipos de células presentes neste sangue. O sistema ABO é determinado pelos anticorpos imunoglobulina M que podem ser de dois tipos, IgM A ou IgM B.

Nas células, mais especificamente nas hemácias, podemos encontrar estruturas de açúcar (carboidrato) na membrana plasmática capazes de serem reconhecidas por estes anticorpos, são os antígenos A e B. Se uma hemácia não apresenta nenhum destes antígenos, ela é conhecida como tipo ‘zero’ ou mais popularmente do tipo sanguíneo O. Elas também podem ter os dois antígenos presentes, um indivíduo com sangue AB.

Acima vemos o resultado de um teste rápido de tipo sanguíneo. Ele é de uma pessoa AB positivo. O sangue aglutinou em contato com os anticorpos A, B e também para Rh. A diferença é comparada com o controle que não sofre aglutinação. Os anticorpos de imunoglobulina M (IgM A ou B) são produzidos nos primeiros anos de vida de uma pessoa. Eles são resultado da sensibilização do nosso corpo com a primeira vez que entramos em contato com alimentos, vírus e bactérias.

O sistema Rh é mais simples. Ou você tem os anticorpos ou não tem, por isso são chamados de Rh positivo ou negativo. Na tabela abaixo você pode ver a compatibilidade entre os tipos sanguíneos.

A herança dos alelos que vão determinar que açúcares nossas células terão e determinaram o tipo sanguíneo seguem as leis da genética. E para saber mais sobre isso, acesse as videoaulas do Biologia Total sobre o tema clicando aqui.




Confira também

  • Novas (e boas) descobertas sobre o câncer de mama

    LEIA MAIS
  • Pesquisadores descobrem nova estrutura no DNA

    LEIA MAIS
  • Pesquisadores descobrem mais de 100 novos genes ligados a cor do cabelo

    LEIA MAIS
  • Como o material genético se organiza em uma divisão celular?

    LEIA MAIS
Total time: 447.34 ms (SQL time: 0.02 ms, overhead time: 89.00 ms), SQL(s): 15 (install mode) GZIPED
INVALID HTML
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing ALT in img tag: img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=254341104760439&ev=PageView&noscript=1"
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: /head came when /link was expected
CFP_HTMLTOOLS: End of file reached while waiting 9 end tags:Array ( [0] => html [1] => head [2] => meta [3] => link [4] => link [5] => link [6] => link [7] => link [8] => link )