BLOG

Orangotangos : nossos parentes que gostam de árvores

20 de Setembro de 2018

Eles são inteligentíssimos, possuem 97% do seu DNA idêntico ao do ser humano e adoram improvisar um guarda-chuvas quando começa a chover. Saiba mais sobre os orangotangos!

Em malaio, idioma oficial da Malásia, Brunei e Singapura, orangotango significa “pessoa da floresta”. Com suas elegantes madeixas ruivas, nossos parentes primatas são encontrados somente em Sumatra (ilha da Indonésia) e Bornéu (ilha pertencente à Indonésia, Malásia e Brunei). Podem viver até 40 anos no ambiente selvagem, atingir 1,5 m de altura, pesar até 81 quilos e estão divididos em 3 subespécies: Pongo pygmaeus ssp. morio (orangotango-do-nordeste-do-bornéu), Pongo pygmaeus ssp. pygmaeus (orangotango-de-bornéu), Pongo pygmaeus ssp. wurmbii (orangotango-do-bornéu-meridional).

Com seus longos e fortes braços, eles costumam passar a maior parte do seu tempo em seu local preferido: em cima das árvores. Até para dormir eles encontram um cantinho entre os galhos e folhas. Se começa a chover, tratam logo de pegar uma folha grande para fazer de abrigo para se proteger. Também, inteligentes do jeito que são, não vão querer ficar na chuva, não é mesmo? Esses guarda-chuvas naturais...

Na falta de um abrigo, este orangotango tratou logo de improvisar o seu guarda-chuva! Fonte: Sergey Uryadnikov | Shutterstock

De hábitos solitários, eles uivam à medida que vão caminhando na floresta para garantir que nenhum outro animal cruze o seu caminho. O som é tão alto que pode ser ouvido em longas distâncias. Costumam se alimentar durante o dia e não dispensam nada: sua dieta consiste em frutas, folhas, cascas, insetos e em raras ocasiões, se alimentam de carne.

Com um hábito alimentar bem diversificado, este Pongo pygmaeus ssp. wurmbii parece muito feliz com as suas bananas! Fonte: Reprodução.

Quando o assunto é o cuidado materno, eles deixam de ser solitários e assumem um vínculo forte, principalmente mães e filhos. As mães costumam ficar com seus filhos até seus 6 ou 7 anos, quando desenvolvem habilidades para sobreviver sozinhos. Orangotangos fêmeas costumam dar à luz 1 vez a cada 8 anos. Ou seja, podem ter até 5 filhos durante a vida.

Orangotangos são nossos parentes próximos, sabiam? De acordo com um estudo publicado na Nature, orangotangos e seres humanos compartilham aproximadamente 97% do seu DNA. A semelhança é ainda maior nos chimpanzés: 99%! Infelizmente nossos primos correm grandes riscos de extinção. De acordo com a IUCN – International Union for Conservation of Nature (União Internacional para a Conservação da Natureza) –, o orangotango-de-bornéu, está criticamente em perigo de extinção. Grande parte da população destes animais já não existe mais devido ao desmatamento de muitas florestas para plantações de óleo de palma. Estima-se que até 2025 o número total de orangotangos desta espécie diminua de 55.000 indivíduos para 47.000. Outros fatores, como a caça ilegal, também contribuem para o rápido declínio da população.A conscientização é uma peça chave para a conservação da espécie!

Comparação da mão e do tamanho do orangotango com um ser humano. Reprodução: Biologia Total

Fonte: National Geographic, IUCN, Nature

 


 

Questões sobre primatas podem aparecer no seu vestibular ou no ENEM. Confira uma questão que caiu no vestibular da Puccamp. 

Por suas características, a taxonomia zoológica classifica o homem entre os primatas. Considere o esquema abaixo, que representa uma das hipóteses sobre a filogenia desse grupo durante os últimos 60 milhões de anos.

 

 Analisando-se esse esquema, é correto afirmar que:

a) o chimpanzé e o homem têm um ancestral comum.   

b) o homem surgiu aproximadamente há 50 milhões de anos.   

c) o gibão e o orangotango são parentes próximos dos prossímios atuais.   

d) os macacos do Novo Mundo são mais evoluídos do que os do Velho Mundo.   

e) o gorila é o parente mais próximo do homem.   

 

 

 

Resposta: alternativa a. A árvore filogenética proposta revela que o homem e o chimpanzé compartilham um ancestral comum que existiu há cerca de 10 milhões de anos atrás.  




Confira também

  • Encontrado o 1º tubarão vegetariano

    LEIA MAIS
  • Centenas de ovos de pterossauros são encontrados na China

    LEIA MAIS
  • A prova de que dragões existem!

    LEIA MAIS
  • Pesquisadores descrevem 2 novas espécies de dinossauros

    LEIA MAIS
Total time: 943.28 ms (SQL time: 0.02 ms, overhead time: 108.21 ms), SQL(s): 15 (install mode) GZIPED
INVALID HTML
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing ALT in img tag: img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=254341104760439&ev=PageView&noscript=1"
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: /head came when /link was expected
CFP_HTMLTOOLS: End of file reached while waiting 9 end tags:Array ( [0] => html [1] => head [2] => meta [3] => link [4] => link [5] => link [6] => link [7] => link [8] => link )