BLOG

Os vestibulandos e as pílulas de cafeína

12 de Dezembro de 2018

Você sabe o efeito da cafeína no organismo dos estudantes? A cafeína faz com que o nosso organismo permaneça acelerado por um período muito maior do que o normal, e o principal problema dela está no seu uso descontrolado! Entenda os riscos que o seu excesso pode causar.

A pressão do vestibular e uma imensidão de matérias para estudar, assusta qualquer jovem. Para ultrapassar estes obstáculos, muitos recorrem a tratamentos, dietas, pílulas que os deixem atentos e acordados para longas horas de estudo. Eu mesmo já fiz um vídeo falando sobre as drogas da inteligência dando exemplos de coisas que são seguras, desde que acompanhadas por um médico, que aumentam o desempenho do nosso órgão pensador, o cérebro (confira aqui).

Porém, fiquei chocado com uma notícia que li de um adolescente norte-americano que morreu no ano passado por causa de uma overdose de cafeína. Isto mesmo. Cafeína. Agora os pais do menino processam a marca e também o site Amazon que vende o produto na internet.

Você pode achar que ela é inofensiva. “Poxa, tem cafeína no cafezinho que tomo todos os dias e nunca me aconteceu nada.” Ou, “eu tomo estas pílulas e nada de errado me aconteceu”. Pois então, esta morte acende um alerta sobre o abuso de sustâncias para aumentar o rendimento e que nos privam do cansaço.

A cafeína é uma substância estimulante do sistema nervoso central. O funcionamento dela em nosso organismo funciona da seguinte maneira: através da competição com a molécula adenosina, um neurotransmissor, a cafeína impede a liberação destas moléculas nas sinapses nervosas. A adenosina é responsável pela depressão (relaxamento) do sistema nervoso central. Sem ela o organismo continua acelerado, o efeito mais comum quando se utiliza da cafeína.

O segredo do uso correto dela está na quantidade. O menino que teve a overdose estava tomando um medicamento (porque sim, cafeína em pílulas é medicamento) chamado ‘Hard Rhino’. Ele foi encontrado morto em seu quarto pelos pais e a necropsia revelou que o garoto foi vítima de uma arritmia cardíaca, resultado do excesso de cafeína no corpo. A tal marca vende cafeína pura e a dose recomendada em sua embalagem é de 4.700 miligramas (mg) do produto. Para comparar, uma xícara de café contém 320mg. Além do quê, não há qualquer aviso sobre o uso seguro da substância no rótulo da marca utilizada pelo jovem.

A cafeína é uma droga. Assim como a nicotina é uma droga. O álcool é uma droga. Remédios são drogas. Podem ter efeitos colaterais, causar dependência e até levar a morte, como no exemplo que trouxemos. Por isso, se você está precisando daquele gás para estudar, procure auxílio de um profissional da saúde para tirar todas as suas dúvidas sobre o uso de cafeína e outras drogas que te deixem “mais inteligentes”.




Confira também

  • Dá pra descansar nas férias e passar no vestibular?

    LEIA MAIS
  • O que é o ProUni? Como faço para me inscrever?

    LEIA MAIS
  • 5 hábitos que estão boicotando seus estudos

    LEIA MAIS
  • 5 dicas para quem quer passar em medicina e está começando seus estudos agora

    LEIA MAIS
Total time: 474.46 ms (SQL time: 0.02 ms, overhead time: 102.11 ms), SQL(s): 15 (install mode) GZIPED
INVALID HTML
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing ALT in img tag: img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=254341104760439&ev=PageView&noscript=1"
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: /head came when /link was expected
CFP_HTMLTOOLS: End of file reached while waiting 9 end tags:Array ( [0] => html [1] => head [2] => meta [3] => link [4] => link [5] => link [6] => link [7] => link [8] => link )