BLOG

Porque remover as amígdalas pode não ser uma boa ideia

16 de Novembro de 2018

As amigdalas foram consideradas inúteis por muito tempo, mas hoje sabe-se de sua importante função no sistema imunológico. Diante disso, um estudo recente demonstrou porque a remoção das amigdalas pode ter efeitos graves na saúde da criança (e do adulto), interferindo no desenvolvimento de um sistema imunológico sadio.  

Você tem suas amigdalas? Você pode até tê-las, mas tenho certeza que conhece alguém que não as tenha, certo? Muitos médicos optam pela retirada delas como forma de evitar dores de gargantas persistentes ou até mesmo infecções no ouvido. Mas um estudo recente veio para derrubar esse mito e afirmar que esta prática em vez de ajudar, pode estar colocando a saúde de crianças em risco, no futuro.

O que são e para que servem as amigdalas?

Amigdalas são pequenos órgãos localizados na parte de trás da garganta. Elas fazem parte do sistema linfático e desempenham um papel importante em nosso sistema imunológico, embora por muito tempo tenham sido consideradas inúteis. Localizadas em ambos os lados da garganta, as amigdalas impedem que objetos estranhos tenham livre passagem para os pulmões (podem ser consideradas “os goleiros da garganta"), filtram a entrada de bactérias e vírus, além de produzir glóbulos brancos e anticorpos. Cabe ressaltar que amigdalas e adenoide não são a mesma coisa! A adenoide, que também é acúmulo de tecido linfoide, e também atua como barreira do corpo, está localizada no fundo do nariz e é escondida pelo palato.

Muitas vezes, as amigdalas podem sofrer um processo inflamatório chamado de amigdalite. A inflamação que causa inchaço, dor e vermelhidão nos gânglios e no pescoço, além de febre e mau hálito, pode ser causada por vírus e/ou bactérias. Quando as amigdalites tornam-se frequentes demais ou quando não respondem a um tratamento médico realizado da forma correta, a indicação médica é uma cirurgia para a retirada delas.

A remoção das amigdalas

A adenoamigdalectomia, cirurgia para a remoção das amigdalas, apesar de menos comum que no passado, ainda é indicada em alguns casos (sempre após avaliação médica). Não existe idade ideal para que a cirurgia ocorra, já que isso depende da gravidade de cada caso. Hipertrofia das amigdalas e adenoides, apneia do sono, respiração bucal causando alterações no crescimento facial, dificuldade de se alimentar ou deglutir por conta do aumento das amigdalas, são algumas das indicações para a cirurgia.

Por que retirar as amigdalas pode não ser uma boa ideia?

Pesquisadores australianos examinaram registros médicos de aproximadamente 1,2 milhões de indivíduos dinamarquês, que tiveram a sua saúde acompanhada desde o seu nascimento, até 10 anos de idade (alguns foram acompanhados até seus 30 anos). Os cientistas compararam os indivíduos que tiveram suas amigdalas removidas antes dos 9 anos, com indivíduos em que elas foram preservadas até pelo menos essa idade. O resultado mostrou que crianças que tiveram que retirá-las apresentaram 3 vezes mais chances de desenvolver doenças alérgicas ou complicações no trato respiratório (asma e pneumonia, por exemplo). Isso quer dizer que os benefícios a curto prazo acabam não sendo benéficos se os riscos do futuro forem considerados.

A equipe de pesquisadores responsável pelo estudo ressaltou que, se houverem medicamentos disponíveis e eficazes para a realização de um tratamento, a cirurgia deve ser evitada. Se ela não puder ser evitada, a indicação é que ela seja prorrogada ao máximo, para permitir que o sistema imunológico da criança possa se desenvolver da melhor forma.

Fonte: JAMA, Ministério da Saúde.




Confira também

  • Haddad x Bolsonaro: como defendem os temas relacionados à ciência?

    LEIA MAIS
  • Porque você não deve compartilhar fake news

    LEIA MAIS
  • Vai ter eclipse e lua de sangue e isso não é o apocalipse!

    LEIA MAIS
  • Cientistas descobrem uma molécula que impede a metástase

    LEIA MAIS
Total time: 426.22 ms (SQL time: 0.04 ms, overhead time: 128.67 ms), SQL(s): 15 (install mode) GZIPED
INVALID HTML
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing ALT in img tag: img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=254341104760439&ev=PageView&noscript=1"
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: /head came when /link was expected
CFP_HTMLTOOLS: End of file reached while waiting 9 end tags:Array ( [0] => html [1] => head [2] => meta [3] => link [4] => link [5] => link [6] => link [7] => link [8] => link )